Páginas

18 janeiro 2010

Finalmente...

Coordenador quer que mais unidades passem a fazer diagnóstico e aconselhamento.

Os testes rápidos ao VIH/sida deverão ser alargados em breve a os vulgares centros de saúde. Depois de ter sido realizado um teste-piloto numa unidade, a Coordenação Nacional para a Infecção VIH/sida quer agora generalizar a experiência. "É uma possibilidade real e já está no terreno, já houve treino de pessoas", diz o coordenador Henrique Barros.

O objectivo é aumentar e facilitar o diagnóstico da doença no País, que neste momento é feito nos centros de aconselhamento e detecção precoce e nos hospitais. A ideia é realizar contratos com os centros, incentivando-os a fazer o rastreio e a promover a educação para a saúde.



Já não era sem tempo...

Lê o resto
aqui.

3 comentários:

André! disse...

Vamos a ver vamos! Faz falta sim senhor. :)

Ruy A... disse...

Acho muito bem.
Uma vez (e não gozes sff) ao fazer um desses testes quase desmaiava.
Eu e a minha fobia por agulhas XD

Filipe M. disse...

AI jesus esta gente... no facebook tem ar de machões a trepar paredes. Vê agulhas e desmaia...

Ninguém merece... uma bicha com stress!