Páginas

27 janeiro 2010

Ui... que a outra 'tá louca.



Estou falecido. Hoje acordei levantei-me com uma dor de pernas que só me apeteceu voltar para a cama, então quando comecei a descer as escadas para ir à cozinha jesus, parecia uma prostituta que teve de serviço a noite toda. Passinho e um ai, outro passinho e um ui.


De modos que hoje tive o dia todo na cama a fazer resumos de história. A minha prima voltou a estudar e está a tirar a história equivalente ao 10º ano. Eu que tive história até ao 12º e depois na faculdade história da pintura, da fotografia e do cinema, achei que a podia ajudar pelo menos a fazer os resumos. Claro, em troca de algumas massas =P


Parei para ir fazer exercício. Mas hoje não corri, hoje só marchei para não me doer ainda mais as pernas e verdade seja dita, que já não me dói tanto.


Ontem aconteceu uma coisa caricata e que... ui veio testar a minha relação amorosa. De modos que durante algum tempo eu tive um relação sexual com um vizinho que se vê a si próprio como heterossexual. Ora, como em todas as relações sexuais (calculo) é muito bom no 'durante' mas no depois é muito mau (sim, sentia-me uma prostituta... barata!). Portanto... chegou a uma altura em que eu disse CHEGA! Entrentanto já não o vejo há algum tempo (sad), mas ontem recebi uma mensagem dele. Não abri, simplesmente apaguei. No início da mensagem lia-se algo como 'Queres passar por minha...'. Depois disso mandei logo uma sms ao meu fofinho (*.*) e disse-lhe o que se tava a passar. Ele no início ficou chateado porque eu tinha estado sem dizer nada durante algum tempo (mas só porque estava a tentar dormir um pouco... já que não tenho conseguido fazer de noite). Mas acho que depois ele compreendeu que eu não o iria trair (e não consigo evitar questionar-me se ele era capaz de ser tão honesto como eu?). Depois disso, senti a nossa relação mais forte, muito mais forte...


Enfim não sei o que dizer mais... ahhhhh, sim... não sou um santinho... mas também nunca disse que o era. =/

3 comentários:

Angelo disse...

Bem, isto é com cada história à la TVI!

Diaboderoupacurta disse...

Depois desta, nunca mais de queixes neste blog ouviste? Levas um tiro!

Ah nunca tenho nada, nunca há ninguém e depois, pimba! Sai-se com estas...humf!

Narciso disse...

Diabo, se me estás a ler, lê bem isto:

"Enfim não sei o que dizer mais... ahhhhh, sim... não sou um santinho... mas também nunca disse que o era. =/"

Aplica-se em muitos casos, sabes?!

@Filipe: A tua atitude foi a mais correcta, mesmo que ele não compreendesse e ficasse chateado.

Ele ficaria mais chateado se tu não lhe dissesses nada e mais tarde esse tal vizinho mandasse outra sms e fosse o teu "fofinho" a ler.

Não o pressiones para ser honesto, todos nós temos os nossos segredos. Já deste a mostrar que não queres esconder nada dele, espera para ver se ele faz o mesmo. Perguntas tipo "confias em mim?" ou "achas que te iria trair?" mais do que uma vez, são para evitar! Porque estás a supor que poderia haver lugar a tal: desconfiança e/ou traição.

No teu lugar teria feito o mesmo, mas teria lido a mensagem e comunicado a esse individuo que já não ia acontecer mais nada. Imagina lá tu que ele mandava uma sms mais coise e fosse interceptada pelo "fofinho"!? O que vale é que já lhe disseste :)

Narciso.