Páginas

03 fevereiro 2010

De modos que...

... ontem fui com uma amiga ao médico. A mulher estava com problemas na patareca e temia o pior (IST - Infecção Sexualmente Transmissível), logo eu e mais uma amiga nossa fomos com ela. Não fazia ideia onde estava... eu ligeiramente constipado tinha de me assuar, tive de tirar a pastilha e guardar num lenço.

Quando saímos do consultório com ela e a patareca mais descansadas e fomos a um café, viva o desespro. Não havia um único caixote do lixo. Tive de guardar tudo no bolso. Quando saímos do café e fomos para o carro, continuava a não haver caixotes do lixo. Mas que raio de terra...?

- Mas não há caixotes do lixo?
- Também ando à procura de um há algum tempo.
Desatei aos berros.
- EU SÓ QUERO UM CAIXOTE DO LIXOOOOOOOOO!

E lá encontrei um e fizemos todos uma grande festa e entrámos no carro mais leves, sem lixo nos bolsos. Viva a poluição.

1 comentário:

André! disse...

No meio de tanto porco vocês até são asseadinhos! :)