Páginas

30 março 2011

Detalhes de Mais Uma Ida a Lisboa

Bom, para quem não sabe, apesar de já o ter dito muita vez... Lisboa é o único sítio que me ajuda a recuperar energias, esvaziar o pensamento, a alma. Costumo ir de metro até ao Marquês de Pombal e descer a Avenida a pé até à Baixa. Vou sempre mais do que uma vez, mas normalmente sempre no início do mês. Trabalho 32 horas por semana, das 12h às 22h... portanto, apesar de estar a poupar dinheiro, tenho de me mimar um pouco.

E é nessas idas a Lisboa que me mimo. Passear nas ruas, ver gente nova, bonita, alternativa, simpática, sorridente, metida na sua vida... é uma boa mudança de ares... principalmente da zona onde moro. Loures e Odivelas (onde trabalho) é uma terra de gente velha, mesquinha e mal formada (mas ainda não é hoje que vos vou falar disso, uma vez que estou a guardar experiências, situações, para a minha tese em provincianismo português). 

Para continuar o meu roteiro: Marquês de Pombal - Avenida - Restauradores (onde paro numa papelaria para dar um olhinho às revistas - ainda não sei onde encontrar as revistas gays internacionais como a advocate, out, etc.) - Armazéns do Chiado (Fnac - para comprar os meus dois livros mensais; Zara - onde comprei umas calças de fato de treino e uns calções para o ginásio) - Bairro Alto (onde costumo cortar o cabelo ou ir ao FBA ler um bocadinho enquanto como uma tosta deliciosa de dois metros polvilhada com orégãos e acompanhada com batatas fritas!)

Este mês, ao meu roteiro, substitui a ida ao cabeleireiro pela ida à Nespresso comprar cápsulas para a máquina. Foi a primeira vez que fui à loja e tem um atendimento... excelente. Senti-me uma vip poderosa ao ser atendido educadamente, com poupa e circunstância. No meu primeiro emprego ofereci aos meus pais uma máquina Nespresso... mas sou sempre eu que compro as cápsulas ou caput, não há café para ninguém. Ao fim de um ano ou mais sem beber um café Nespresso lá tive de ir comprar umas cápsulas... e foi divino chegar à loja, ser recebido por uma funcionária que nos dá uma senha, para depois sermos chamados e atendidos tão educadamente como deveríamos ser em qualquer circunstância. A meio do meu atendimento 'uma amiga' (um gay desconhecido, isto é) engasgou-se e estava às portas da morte com tosse quando os funcionários afabilíssimos perguntaram se ele queria um copo de água. O rapaz envergonhado negou-se a tal coisa, querendo morrer em paz e sossego e rindo-se. Eu tive de me rir também da situação. Finalizado o meu pagamento oferecem-me um cafézinho, que recuso e uns bolinhos deliciosos para a viagem. 

Venha a Bosch e venha a Delta e o Pingo Doce com as suas máquinas bonitas e facilidades em comprar as cápsulas e eu pergunto-me: Qual é a piada de comprar as cápsulas num Pingo Doce ou num Lidl... quando podemos ser atendidos, durante 15 minutos, 1 vez por mês ou de dois em dois meses, como reis?! Nespresso What Else?!

E, de energias recarregadas, voltei a casa. E cá estou a contar-vos uma história sem interesse nenhum hehe. Ao menos deleitem-se com a foto ;)

11 comentários:

pinguim disse...

Tens razão, a Nespresso é "outra coisa"; nunca fui à loja, mas virem-nos entregar as cápsulas a casa, e com rapidez depois da encomenda, é um luxo...

Filipe M. disse...

Então vai à loja!!!

Cp disse...

Definitivamente Nespresso rules! =D
E tenho de comprar + cápsulas também! lol

P.S - Geralmente vêem entregar-mas a casa mas havia de experimentar a ir à loja ehehe...

João Mateus disse...

Há uma papelaria ao pé da loja do cidadão, a " tema" que vende esses revistas todas que queres!
Abraço!
JC

Filipe M. disse...

Hm merci.

Miguel disse...

Obrigado pela parte que me toca! Eu sou de Odivelas e não sou nem velho, nem mesquinho, nem mal formado! Loures é que é a terra da ciganada...

Filipe M. disse...

LOL Eu sou de Loures e não sou cigano.

Miguel, não sei porque te picaste.... já chegámos à conclusão que não eras... broeiro (é esta a palavra certo?!)

Angelo disse...

Os suburbios serão sempre os suburbios. O que vale é que nos metemos na Baixa em menos de nada!

LusoBoy disse...

Também gosto da loja da Nespresso mas nunca vi nada disso que mostras na fotografia :o.

Filipe M. disse...

LOL

Luso! Tmb não vi. Mas quem sabe um dia... um atendimento mais personalizado :P

um coelho disse...

Eu desde que meti o barrete de comprar o lote special club e ter detestado o café vou sempre à loja. Assim provo antes de comprar e os (simpáticos) funcionários explicam-me sobre as origens e as influências daquele café. E depois faço o brilharete com os amigos.