Páginas

07 julho 2011

Detalhes do Fim do Capítulo


Portanto, para quem se lembra, eu, há mais de um ano tive um namorado e a coisa não foi longe. Ao fim de algumas suspeitas (com provas) não consegui continuar na relação e terminei. Claro que o idiota, a quem nos dias de hoje chamo de A Prostituta (a maioria das vezes sem direito a maiúsculas) disse estar inocente, que eu tinha um problema de confiança (de certo tenho, mas não sei onde está a conexão...). 

Depois de apanhar conversas dele com outros, e de o ter apanhado a enviar fotos para mim ao mesmo tempo que para outro rapaz... eu mandei-o dar uma volta. Claro que ele tentou uma amizade, mas também não deu. Insistia muito em dizer como eu estava errado, como ele nunca me enganara e como ele era uma puríssima indefesa e inocente. 

Na passada semana, conheci um rapaz no manhunt (conheci?! trocámos algumas mensagens). Quando trocámos os nomes vim a descobrir que ele era o 'outro' e para ele eu era o 'outro'. Claro que alguém idiota com tendências para a prostituição devia perceber que as tretas dele não vão longe. Não foram comigo e não foram com o pobre rapaz, burro o suficiente para acreditar nas mentiras dele... não sei quando se conheceram, sei que eu e ele ainda andávamos, mas que a prostituta disse à 'outra' (quenga) que eu era um 'amigo'. E a mim disse-me que ele era um 'amigo'. 

Claro que eu mandei-o pó caralho (assim com todas as letras)... e que ainda hoje, de vez em quando recebo uma mensagem ou uma carta da prostituta a tentar reatar uma amizade. Neste momento recordo a carta do natal em que dizia que eu tinha sido, por outras palavras, indecente e injusto em não acreditar nele e que estava interessado numa amizade e eu não lhe dava feedback nenhum. 

Bom, porquê o fim de um capítulo... Porque apesar de eu ter muito poucas dúvidas de que pudesse estar enganado... havia sempre um mínimo de dúvida, suficiente para, de vez em quando, me consumir e deixar muito confuso. Mas acabou-se... e neste momento, é diabólico o que vou dizer, mas apetece-me mandá-lo mais uma vez para o caralho (assim com todas as letras) e ensiná-lo a respeitar-me a face. 

Claro que não o vou fazer.... sou uma senhora!

7 comentários:

pinguim disse...

É assim mesmo!!!!!!!!!!

LusoBoy disse...

E fazes tu muito bem!

Anónimo disse...

Mas isto é um blog dum gay ou de uma BICHA maluca? És uma senhora és. És é um gaizão afeminado do pior!

Filipe M. disse...

LoL Anónimo, tens um sentido de humor maravilhoso.

Dá a cara e depois falamos ;)

LusoBoy disse...

Os comentários anónimos são sempre muito relevantes -_-. Imagino pessoas que passam horas e horas a ler o blogue da pessoa que invejam e a roerem-se por dentro lol. Não vi nada nesta mensagem que justificasse uma resposta assim...

Filipe M. disse...

E mesmo que houvesse... seria com sentido de humor e ironia.

E não, não pego na bela da pluma e não meto o I will survive a tocar e começo a fazer playbacks à medida que escrevo posts para o meu blog -.-' lol

Sim é extremamente relevante... uiii

Anónimo disse...

Ola Bom dia.
GOstei da tua reflexão sobre os afectos e desafectos do terminar de um namoro/expectativa.... não te deixes no entanto prender a essa situação. A raiva e o odio sao por vezes sentimentos que nos consomem tanto como o amor e o desejo. Bola para a frente. Fecha mesmo o capitulo. só deve estar na tua vida quem tu quiseres que esteja e que te faça sentir magnifico :))))

Abraços F.C.