Páginas

18 julho 2012

Detalhes da Merda

Desde o último post, mais ninguém nos falou daquela promoção. Ninguém nos disse se íamos ou não para a loja nova, quando íamos, qual o estado da loja. Deram-nos um esboço feio de uma pintura muito feia. E não voltaram a tocar no assunto. 

Já vamos em Julho e nada. 

Na segunda feira, fui abrir a loja. E às 7h da manhã aparece-me um indivíduo estranho a apresentar-se como chefe de loja que vai para formação de pão. Ora... a minha chefe de loja estava de férias. Claro que eu percebi o que estava a passar, mandei-lhe uma mensagem e aguardei. Pelos vistos ia para a tal loja nova e ninguém me tinha dito nada e muito menos à minha gerente. Portanto aquele chefe de loja que ia para uma formação de pão, depois disse-me que ia começar já trabalhar naquela loja a partir daquele dia. E que a minha gerente e a equipa dela iam sair. 

Umas 5h depois apareceu-me o chefe de zona, acima da minha gerente. A pessoa que organizou estas lindas transferências. No dia a seguir... iríamos para a tal loja nova. Ontem fui abrir a loja... e ao meio dia zarpei para a loja nova. 

A loja nova é uma merda. A pintura está toda borrada. Não tenho expressão melhor, provavelmente não existe. É uma merda. É assustador, um pesadelo. É o inferno. E eu vou passar no inferno os próximos tempos. Não tem ponta por onde se lhe pegue. Está tudo partido e nada é arranjado, está tudo, literalmente tudo desarrumado. É impossível andar lá dentro sem chocar com meia dúzia de coisas. 

Só saí às 11h da noite. E que me prepare para mais dias assim. 

As minhas férias foram adiadas. Este é o desafio da minha curta carreira. Ou nós nos saímos bem e endireitamos a loja... ou a nossa cabeça perde o crédito que tem e somos encostados à box. 

5 comentários:

um coelho disse...

Caredo, que é feito de ti?

Ricardo disse...

Estou com o coelho. Desaparceste...

J disse...

Este blog...não sei pq..cheira-me a farsa, imaginação...sei lá, muito pouco credivel, e muitas ausencias de muito tempo..

Filipe M. disse...

Coelho, por cá ando... na minha vida sem tempo ou coisas interessantes para dizer.

Filipe M. disse...

J... a única coisa verdadeira são as ausências...

tudo o resto é vrdd.