Páginas

04 janeiro 2010

Recordar...



The Band Wagon (1953), Vincente Minnelli.

... depois de Minnelli, depois dos anos 50, como diz Daney, o palco vem a ser somente um palco [e não o mundo]... Serge Daney referia-se, em primeira instância, a One From the Hearth [Do Fundo do Coração], Francis Ford Coppola, 1982: «personagens e décors já não pertencem uns aos outros, o segredo da osmose esboroou-se, o divórcio entre o corpo do actor e a matéria da imagem está quase atestado: é cada um por si. Corpos, luzes, objectos, décors, câmara, canções: todos lançados no espaço com sortes diversas e novas órbitras para calcular». E isso dá conta da vertiginosa mudança no género [Musical] e... no cinema e no mundo. Do musical pode ter ficado a forma, sim, mas, tendo-se transformado o conteúdo, o que se transformou deveras foi a adequação entre a forma e os conteúdos do músical (...).



In Géneros Cinematográficos, Musical, pág. 91
Edmundo Cordeiro



A verdade é que os musicais de hoje já não chegam aos calcanhares dos musicais da época de ouro. Claro que de vez em quando há raras excepções: Mary Poppins, Sound of Music, etc.

Pelo que estou em pulgas para ver o filme Nine!

3 comentários:

Diaboderoupacurta disse...

Não sei onde é que tu encontras disso, porque eu nunca vi isso à frente! lol

Filipe M. disse...

Não sabes tu o que perdes!

pinguim disse...

Parece que estou a ver o blog de que falo no meu último post: "Tertúlias".
Adoro estes vídeos!!!
Tal como tu estou ansioso da chegada do "Nine", até porque é quase uma versão musical de um filme que à época foi um imenso sucesso - "Fellini 8 1/2".