Páginas

03 janeiro 2010

2010

10. Manter uma vida sexual activa

"O sexo não é só importante para a saúde física, também o é para a saúde mental e psicológica", sugere o sexólogo clínico Fernando Mesquita, acrescentando: "O prazer que o sexo proporciona faz com que as pessoas se sintam melhor consigo próprias, aumenta a auto-estima e, consequentemente, ficam mais dispostas a lidar com os outros". Ter uma vida equilibrada pode, por isso, começar por aqui. A actividade sexual ajuda a prevenir doenças cardíacas, porque aumenta o batimento do coração e a pressão arterial; alivia as dores, ao aumentar a produção de endorfina (analgésico natural); Também ajuda a ter uma pele jovem e tonificada e a diminuir o peso: "Numa relação sexual perdemos, em média, 300 calorias e trabalhamos cerca de 40 músculos." A nível psicológico, indica Fernando Mesquita, "as pessoas sexualmente activas estão menos susceptíveis a depressões" e fortalece os vínculos do casal, aumentando os níveis de confiança.



O 10º conselho do DN para ter uma vida saudável em 2010, um conselho que eu desesperadamente preciso de ter em conta. Esse e o do exercício físico!!!!

2 comentários:

Ruy A... disse...

E agora a dúvida...
Qual dar mais importância, ao sexo ou ao exercício físico?! LOOOL
Bom ano saudável...
Quanto àquela cena de ficar bêbedo na passagem de ano, estava a ser irónico XD
Abraço

pinguim disse...

Acho que são as duas, amigo Ruy; mas a do sexo, além de mais estimulante, sabe melhor: é pena é ser só de 3 em 3 meses (para mim, claro); mas chega para não ter depressões...~
Abraço a ambos.