Páginas

21 outubro 2010

Sobre Mim...

Digamos que eu levo uma vida pacata, recheada de pureza. Não sou muito de andar pelo manhunt, não sou de ir a chats e muito menos sou de ir a engates. Digamos que não me cai bem, mas eu lá tenho o meu manhunt, que uso de ano a ano, e ontem decidi ir ao chat-talho terravista.

Eu só queria teclar! Quiçá ser um bocadinho mais porco, porque não... como disse levo uma vida pacata recheada de pureza, e às vezes é enfadonho. Portanto comecei a falar com pessoas sem expectativas ou sem a famosa lista 'o homem perfeito tem...', não interessava a localização (de preferência quanto mais longe melhor), não interessava a idade, não interessava se eram bissexuais (credo!) e não interessava se eram pouco interessantes...! De modos que conheci um rapaz aqui da minha zona, mas depois ele foi dormir porque tem aulas e eu fiquei por lá mais um bocado... e apareceu um Senhor de 55 anos. Agora lembrei-me de que tem quase a idade dos meus pais...

Mas eu queria conversar, passar o tempo, porque raio havia de me importar com a idade, principalmente quando é tão mais interessante falar com pessoas mais velhas com experiência de vida!

Aqui faço um à parte, nada mais nada menos do que para criar suspense. Ora bem os Sugar Daddy são conhecidos por serem senhores de idade ricos que oferecem dinheiro ou prendas a jovens mais novos em troca de companhia e favores sexuais. É esta a noção verídica, porém, eu atrevo-me a acrescentar, que querem dar e receber, carinho, afecto e outras coisas mais devassas (ohhh sim, são umas porcas!).

Portanto, estou eu à conversa com um homem mais velho, cuja idade já nem me lembro, que está muito interessado na minha idade, que gosta muito de falar comigo e que se quer encontrar comigo para me 'dar carinho e tratar de mim'. Oi? E como se a situação não pudesse piorar, começámos a falar de sexo e eu já tinha acumulado algumas horas de excitação e portanto estava ao rubro e deixei continuar! 

Claro que não havia necessidade de meter web cams ao barulho! Claro que ficou bastante claro que o Senhor tinha 55 anos e claro que eu fiz tudo ao meu poder para despachar o assunto, fiquei cheio de sono repentinamente e fui dormir, desejando um 'Até Amanhã' repleto de falsas esperanças, até porque o senhor em questão já foi bloqueado!

Mas o horror! Quando eu saí de lá, a primeira coisa que fiz foi passar pelo facebook e deixar uma modesta mensagem: 'eu n acredito no que acabei de fazer :o' Porque minha gente, sugar daddies não é a minha praia! Sinto-me uma pêga horrível! 

E claro, só a mim é que estas histórias maravilhosas acontecem!

5 comentários:

LusoBoy disse...

"chat-talho terravista" -> Óptima descrição lol.

pinguim disse...

O Facebook transformado em muro das lamentações...

Speedy disse...

ah lindo!! O Terravista traz-me boas memórias. Já tive um Sugar Daddy... há muito tempo. Nunca o vi, mas chegou-me a carregar o telemóvel três ou cinco vezes. E não, não houve cá conversas porcas por telefone. Eu é que sou adorável

Filipe M. disse...

Adorável é ele em te ter carregado o telemóvel. Agora também quero um sugar daddy, mas um virtual fogo =/

pedro a. disse...

Tens de relativizar o teu comportamento. Há muita gente que claramente mete webcams ao barulho e que claramente não despacha senhores de 55 anos. Além disso, se for por motivos de "pesquisa sócio-comportamental", não há razões para te sentires uma banal pega. Uma pega erudita, talvez. x)